• Bem vindo à S1 Saúde!
  • Telefone 61 3221-5353
  • WhatsApp 61 98440-7598

Acesso logado

Escolha sua respectiva área e clique para acessar o painel

Vantagens de contratar um Plano Ambulatorial

Os serviços de consultas e exames são os mais utilizados em um plano de saúde

Realize consultas e exames e evite a necessidade de internações.

40% mais barato do que os planos com internação.

Por que adquirir um Plano S1 Saúde?

As opções adequadas de planos de saúde ambulatoriais e odontológicos para você e seus funcionários

PLANOS COM E
SEM CO-PARTICIPAÇÃO

Ofertamos planos exclusivos para Consultas e Exames. Mude o seu hábito, faça já sua prevenção. Prevenir é sempre a melhor opção.

REDE
CREDENCIADA

Ampla rede em Brasília, possuímos credenciados em todas as cidades satélites e entorno.

AGENDAMENTO DE
CONSULTAS E EXAMES

Agende consultas e exames sem custo adicional. É rápido e prático. Central de marcação:
(61) 3221-5340

CONSULTORIA
SEM CUSTO

Ao receber sua solicitação, buscaremos a melhor e mais adequada solução para atender a sua necessidade.

Benefícios sem custo adicional

ATENDIMENTO PRÉ HOSPITALAR

ORIENTAÇÃO MÉDICA POR TELEFONE

MEDICINA OCUPACIONAL PARA EMPRESAS

LABORATÓRIO
DOMICILIAR

PARA SUA EMPRESA

Temos um plano adequado para o perfil da sua empresa e dos seus funcionários.

Você tem dúvidas?

A gente te explica tudo. Confira as dúvidas mais frequentes:

O plano ambulatorial contempla, exclusivamente, consultas médicas, exames, tratamentos e demais procedimentos ambulatoriais, estando excluídas coberturas para internações de qualquer natureza. Os atendimentos de urgência e emergência estão limitados até as primeiras 12 horas do atendimento.

COPARTICIPAÇÃO é o valor fixo ou percentual definido no contrato, que o CONTRATANTE ou o BENEFICIÁRIO pagam para a realização de cada consulta, exame, tratamento ou procedimento, conforme especificado no Contrato. No caso da Operadora S1 Saúde, é cobrado um percentual um valor fixo para cada procedimento. O pagamento é feito  junto com a mensalidade do plano ambulatorial.

Carência é o período ininterrupto durante o qual o BENEFICIÁRIO não tem direito a determinadas coberturas previstas em contrato, cujo prazo é contado a partir da data de inclusão do BENEFICIÁRIO no plano. Eventuais despesas médicas durante o período de carência são de responsabilidade do BENEFICIÁRIO. As carências para o plano ambulatorial são as seguintes:

24 (vinte e quatro) horas para procedimentos de urgência/emergência;

30 (trinta) dias para consultas médicas e exames simples: Análises clínicas, histocitopatológicos sem histoquímica e alergológicos; Exames radiológicos simples sem uso de contraste; Ecografias sem doppler; Exames oftalmológicos; Exames otorrinolaringológicos; Eletrocardiograma e Eletroencefalograma convencional. *Exceto procedimentos com Diretriz de Utilização – DUT e Procedimentos de Alta Complexidade – PAC

90 (noventa) dias para tratamentos seriados: fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, nutrição e terapia ocupacional; Exames radiológicos com uso de contraste, exceto intervencionista e TC; Mamografia convencional e densitometria óssea; Ecografias com doppler; Procedimentos do item “B” com Diretriz de Utilização.

120 (centro e vinte) dias para procedimentos de porte anestésico 0 realizados em ambulatório e Exame Especial I: Endoscopias (EDA, Ecoendoscopia, colonoscopia, polissonografia, EEGQ quantitativo (mapeamento cerebral), potencial evocado, eletroneuromiografia, teste ergométrico, holter 24hs, monitorização ambulatorial da pressão arterial, mamografia digital,  manometria, ph-metria.

150 (centro e cinquenta) dias para Exame Especial II: Tomografia computadorizada, ressonância magnética, CPRE

180 (cento e oitenta) dias para Exame especial III:  Medicina nuclear (Pet dedicado oncolológico, cintilografias, etc); Cirurgias e métodos intervencionistas; Demais procedimentos de alta complexidade; Hemodiálise/Diálise peritoneal/CAPD;  Quimioterapia/Radioterapia; Hemotransfusão;

24 (vinte e quatro) meses para doenças e lesões pré-existentes. Para as doenças e lesões pré-existentes, o BENEFICIÁRIO tem cobertura parcial temporária até cumprir dois anos de ingresso no plano. Durante esse período, ele não tem direito à cobertura para procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia – CTI e UTI – e cirurgias decorrentes dessas doenças.

Cobertura Parcial Temporária – CPT é a suspensão, por um prazo de 24 meses, a partir da data da admissão do BENEFICIÁRIO no plano de saúde, da cobertura para as doenças ou lesões preexistentes, declaradas pelo BENEFICIÁRIO.

Doenças ou lesões preexistentes (DLP) são aquelas que o BENEFICIÁRIO ou seu representante legal, saiba ser portador ou sofredor, no momento da contratação do plano de saúde.

Decorridos os primeiros 24 meses, a cobertura assistencial à Doença ou Lesão Preexistente passa a ser integral, conforme a segmentação Ambulatorial, prevista na Lei n° 9.656/1998.

Cuide da sua sáude

jul 11, 2018

Cientistas pesquisam a influência do sono no raciocínio

O repouso é crucial para manter o corpo com todas as suas funções ativas e harmônicas. Tanto o físico quanto ...
jul 10, 2018

Conheça os principais sinais que caracterizam ansiedade

A ansiedade vem se tornando parte do dia a dia de muita gente nessa era em que vivemos atualmente. Além ...
jul 09, 2018

Novo método para aplicação de vacinas

Tomar vacina pode ser algo terrível para quem tem pavor à picadas de agulha. Por mais que seja uma dor ...
WhatsApp chat